3 de mai de 2007

Mestre Lipinski e Nuno Moreira

Este fim-de-semana foi reservado ao treino de Kata com o Mestre Lipinski, finalmente e depois de uma série de anos a tentar treinar com este mestre, lá consegui arranjar espaço na minha agenda (adeus Aoki Sensei…).

Depois de uma curta viagem até Beja, eu e o mau feitio do Álvaro Silva (Sensei) encontrámo-nos com o Sensei Severino numa esplanada de Beja. Deixo desde já aqui os meus agradecimentos pela sua hospitalidade.

Uma das primeiras pessoas que vi foi o Sensei Abel Figueiredo, que demonstrou uma surpresa enorme por nos ver, se calhar são os ventos da mudança.
O primeiro contacto com o Shian deu-se pelas 19.00 horas, logo à primeira vista demonstrou ser uma pessoa acessível, um senhor dentro da casa dos 60 anos, alto e muito bem-falante. Deu para conhecer o Sensei Teófilo e conversar um pouco. Depois das apresentações lá começámos o treino.

Em relação ao treino, estava bastante apreensivo, pois apesar de andar à meia dúzia de anos nisto, nunca tinha treinado Goju-Kai. O meu grande receio era treinar horas a fim em Neko Ashi Dachi tal como nos filmes do Sensei Yamaguchi (miauuuuu….) Gogen.

Começou-se com um treino de Kihon, claro, depois de serem explicados uns pormenores e as consequentes repetições lá avançamos para o treino de Kata. Apesar de serem feitas de forma diferente, não nos sentimos muito deslocados. Findo isto lá terminámos o treino com o Shian a prometer-nos que no dia seguinte iria puxar um pouco mais.

Depois de uma noite bem dormida lá me dirigi para Cuba, do Alentejo claro, para o segundo dia de treino.
Nessa manhã foram treinadas as katas Sanchin, Geki-Sai e Saifa. Foram treinadas durante bastante tempo, tendo sido corrigidas ao pormenor. Este treino foi bastante útil, pois já não treinava Saifa (Shitei) há bastante tempo. Durante o treino foram levantadas algumas questões pertinentes por um Kyu, ao qual o Shian respondeu que tudo tinha o seu timing e que ele devia apenas concentrar-se no que lhe era devido para a graduação dele… (mau feitio ).

Durante o almoço deu para conversar um pouco com o Shian e com o Sensei Teófilo. Como não podia deixar de ser, o Kyusho veio à baila, tendo o nosso anfitrião alentejano exclamado que era MUITO CÉPTICO em relação ao Kyusho…

Da parte da tarde, lá treinámos Tensho e Seiyunchin e Sepai, mais um treino de Shitei Kata porreiro, com muitos pormenores explicados ao detalhe.

Foram explicados uns Bunkais da Kata Sepai e “Voilá” ora toma PC 6 ou 7 e TA 11…

Depois das Bunkais ora toma com um Randori. Gostei de fazer com o Sensei Teófilo, um Karateka à moda antiga, fica aqui prometido que vou treinar mais…

Estava a correr tudo tão bem, Kata, Kumite… não é que vem o belo trabalho de Neko Ashi Dachi. Amigos, quase que me ia arrepender de ter feito tantos KM. O Shian começou a fazer um trabalho para exames de kyu (sim leram bem) brutal, bastante coordenação na troca de posições, nas quais passavam todas pela bela da postura do Miau… como aqui o amigo só começou a treinar esta semana, é claro que fiquei cansado, mas não desisti.

No final do dia de Sábado, ainda deu para ir fazer exames ao Dojo do Sensei Severino. Apesar de ser um grupo pequeno, vê-se uma grande vontade de evoluir por parte dos alunos e do Sensei Severino. Ficou prometido que aqui o “Je” voltaria a Beja para por mais umas criancinhas a chorar… Parabéns a todos e que continuem a trabalhar como têm trabalhado.

No Domingo fez-se as revisões dos treinos dados anteriormente, no final deu para falar um pouco.

Em nota final, foi muito bom treinar com este Mestre, creio que voltarei a treinar com ele ainda este ano, logo se vê…

No dia 1 de Maio, o grande campeão Nuno Moreira dirigiu-se a Corroios para ministrar um estágio de Kumite. Não pude estar presente por motivos familiares no entanto lá apareci para dar uma onda de “Pressidente da Zunta”.
Com uma simpática presença de cerca de 70 Karatekas, pelo pouco que vi, todos gostaram e responderam da melhor forma possível aos conselhos e sugestões dadas por este Jovem Grande campeão. É sempre bom ver estes miúdos a crescer, tanto no Karate como fora. Continua com aquele sorriso de miúdo, mas com uma presença de grande maturidade. Espero que continue o excelente trabalho que tem desenvolvido dentro da área desportiva. Muito obrigado por teres vindo a esta terra de Mouros…

Por falar em Mouros… ouvi uma história daquelas que dá para rir, já andava de cheio de saudades em fazer uma Blogonovela, já tenho algo na cabeça, só preciso de umas confirmações…