13 de nov de 2007

Direitos fundamentais de um Karateka

Isto pode parecer um pouco confuso, mas… aqui vai…

Cada vez mais me parece que tenho de levar o Karate de uma forma comercial/profissional.

Já lá vai o tempo em que andávamos aqui pelo amor à camisola, implorávamos ao nosso mestre para treinar mais um dia, ou termos uma aula extra.

Quantas vezes não pedi ao meu amigo Sérgio Repas para treinar um bocadito mais para além da hora, ou mesmo treinarmos nos dias em que não havia treino no Gimnobody.

A rapaziada hoje em dia tem tudo à sua disposição.

Os exames são facilitados, a informação está disponível na Net, nas livrarias existe a facilidade de encomendar livros vindos de fora.

Enfim, só conforto…

Nestes tempos conturbados em que vivemos e reformas politicas a que temos sido sujeitos, existe uma palavra que muitas vezes é pronunciada sem parar…

Direitos…

Toda a gente tem direito a tudo e o Karate não é excepção por isso decidi elaborar uma lista de direitos para Karatekas.

Só espero que um dia ninguém se lembre de fazer disto um “Dojo Kun”…

Hittotsu…

Estava a brincar :)

Carta dos direitos fundamentais do Karateka

- Todo o Karateka tem o direito de respeitar os seus parceiros de treino.
- Todo o Karateka tem o direito de treinar de uma forma assídua, de forma a não atrasar a progressão dos outros.
- Todo o Karateka tem o direito a treinar por si e não pendurar-se apenas no instrutor
- Todo o Karateka tem o direito a abandonar o Dojo (definitivamente) se estiver contrariado.
- Todo o Karateka tem o direito de respeitar as opiniões dos mais velhos.

Para completar e como não há nó sem ponta:

Carta dos deveres do Karateka

- Todo o Karateka tem o dever de cumprir os seus direitos.

O meu sonho não é criar campeões, o meu sonho é criar indivíduos que saibam lidar com o insucesso, incutindo-lhes uma mentalidade ganhadora e superadora das suas limitações.

Por vezes é preferível cortar um braço do que deixar a infecção alastrar-se.

“Sorry” pelo desabafo…

Mau feitio, espero que isto seja inspirador para ti.