2 de jul de 2007

Este fim-de-semana foi dedicado ao Kyusho

Com uma participação de 18 artistas marciais lá se realizou o encontro de Kyusho. Depois de uma ligeira introdução ao mundo www.kyusho.com , começámos com um conceito extremamente difícil para qualquer artista marcial que se preze…a suavidade.
Eu sei, porque caio no mesmo erro, quando estamos sob stress a tendência é meter uma a baixo, meia bola e força.

Segundo a 3ª Lei de Newton, por cada acção existe uma reacção no sentido oposto.

Até aqui todo o praticante percebe, mas se a acção for uma “não acção”?
Perante uma acção violenta existe uma reacção igualmente violenta.
E se perante uma acção violenta a reacção for “não violenta”?
Qual será a reacção do agressor?

É esta parte que eu gosto, quando pomos em questão todas as leis da física. É no mínimo um desafio…

Como tinha prometido um dedo a certa pessoa, lá me lembrei de meter umas técnicas de faca pelo meio para provar que muitas vezes não é preciso força, para atingir os objectivos pretendidos e que a acção/reacção é relativa.

A resposta do grupo foi bastante positiva.
Sinto que de cada vez, aprendo mais com certas pessoas. A simples presença deles é inspiradora e faz-me ter uma visão futura sobre qual deve ser a minha postura quando for mais velho.
O meu muito obrigado pela presença de todos eles.

Apenas divagando:)

Para muitas pessoas a visão de pontos vitais (Kyusho) toma a proporção daqueles KO infalíveis, que funcionam sempre e que os pontos de pressão são fáceis de encontrar.

Amigos, nada poderia ser mais falso. Esses pontos mágicos não existem, dahhhhhh!!!!

Para começar a palavra Kyusho pode ter diversos significados:
1º- Ponto de pressão;
2º- Primeiro Segundo;
3º- Testículos.

Vou começar pelo 3º significado, …

???????????

Pronto… (não vou comentar).

Como fiquei sem palavras, as outras explicações dou para a semana, já que hoje “dei” a terceira.

Artista Marcial SOFRE...