6 de jul de 2010

Saifa (1)

Já sabem, tenho andado cheio de trabalho, muitos burros para tocar e os meus ficam para trás, por isso este Blog é o que fica mais prejudicado.

Já agora, aproveito para dizer que comecei a escrever isto no meio do trânsito.

Saifa…

Esta é sem dúvida a primeira Kata ancestral do curriculum de Goju Ryu, porque as Kata GekiSai são invenções modernas e foram criadas pelo Sensei Chojun Miyagi para efeitos de promoção do Karate no sistema escolar de Okinawa.

A título de curiosidade, a Kata GekiSai Dai Ichi é conhecida em certas escolas de Shorin Ryu com Fukyu Kata Dai Ni, mas isso pode ser motivo para uma futura postagem.

Outra vez…

SAIFA

Independentemente da escola/organização, estilo ou mesmo Arte Marcial (Karate, kempo, etc…) a estrutura da Kata é basicamente a mesma e os factores que podem variar são a força, a velocidade e a própria interpretação individual.

Alguns investigadores sugerem que esta Kata tem origem nos sistemas/escolas de Leão, escolas estas que estavam baseadas em Fujian – China. Uma das referências tem a ver com o significado original dos kanjis, que podem significar “Lei de leão”, outra das referências pode ser identificada pelos “Hira Ken” que são técnicas características desta escola/estilo.

A tradução Japonesa (Okinawa) para Saifa, é entendida como esmagar (Sai) e rasgar (Fa). As características desta Kata são sem dúvida as posições fixas (grounding), as técnicas requerem múltiplas acções motoras (segmentos) e as suas técnicas de “chicote”, pode-se dizer que esta Kata representa o verdadeiro Karate de Okinawa.

Em Tuga… Curto e duro.

Ao executar esta Kata é importante definir o aspecto suave e o duro, a transição das técnicas e acima de tudo o equilíbrio.

Para mim esta Kata é a minha preferida… execução rápida, duração curta e contem técnicas muito fortes.

Neste momento estou a trabalhar num projecto que envolve a aplicação em defesa pessoal desta Kata. Defesa pessoal aplicada aos dias de hoje. Se o quiserem ver... passem pelo Allgarve.

Por hoje ficamos por aqui… amanhã (ou para a semana) há mais.

Até lá…

tạm biệt cho đến khi kế tiếp